Pesquisa:

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Esculturas egípcias Giovana Nunes da Cunha- numero 7

As maiores partes das esculturas egípcias encontram-se em templos e tumbas e estão ligadas às práticas religiosas funerárias. Seu principal objetivo era de manter aos personagens que representavam sua existência eterna.
A maior parte das esculturas conservadas são homens e mulheres idealizadas, por isso a figura tinha que ser sempre completa, não lhe devia faltar nenhuma parte para que pudesse cumprir sua missão, ser portador da alma para a eternidade. Importante era que se representasse em suas melhores condições físicas.

Na escultura egípcia se observam uma série de características. As figuras estão imóveis, estáticas, quando se lhes quer representar andando, só se adianta ligeiramente a perna esquerda, mas os pés permanecem sempre colados no chão.
Os rostos são inexpressivos, com a mirada fixa, perdida no horizonte. Às figuras se representam sempre frontais com os braços ao lado do torso e rigidez na nuca. As principais representações são de deuses e faraós, mas também se conservaram esculturas de servidores públicos e de personagens do povo, sem esquecer os animais, que representavam a muitos deuses.

A princípio, o retrato tridimensional foi privilégio de faraós e sacerdotes. Com o tempo, estendeu-se a certos membros da sociedade, como os escribas. Dos retratos reais mais populares merecem menção os dois bustos da rainha Nefertiti, que, de acordo com eles, é considerada uma das mulheres mais belas da história universal.



Nefertiti (c. 1380 - 1345 a.C.) foi uma rainha da XVIII dinastia do Antigo Egito, esposa principal do faraó Amen-hotep IV, mais conhecido como Akhenaton.





Menkauré era um rei da IV dinastia egípcia, conhecemos várias estátuas do soberano. Numa estátua que se encontra hoje em dia no Museum of Fine Arts de Boston, ele surge com a sua esposa, que o abraça carinhosamente. Está igualmente representado em várias estátuas junto a duas mulheres. Estas estátuas foram encontradas no templo do vale de Menkauré, escavado por George Reisner entre 1905 e 1927.



Menkauré era um rei da IV dinastia egípcia, conhecemos várias estátuas do soberano. Numa estátua que se encontra hoje em dia no Museum of Fine Arts de Boston, ele surge com a sua esposa, que o abraça carinhosamente. Está igualmente representado em várias estátuas junto a duas mulheres. Estas estátuas foram encontradas no templo do vale de Menkauré, escavado por George Reisner entre 1905 e 1927.





Karomama I foi uma rainha egípcia, casada com Osorkon II,que fez parte da XXII dinastia egípcia. Há uma estátua de bronze da rainha Karomama no Museu do Louvre, Paris.



Giovana Nunes da Cunha-numero 7
Fonte:www.wikipedia.org
Livro :Os egípcios, editora melhoramentos

Nenhum comentário:

Postar um comentário